Fobias

O medo é um sentimento comum a todas as espécies animais e serve para proteger o indivíduo do perigo. Todos nós temos medo em algumas situações nas quais o perigo é iminente.

A fobia pode ser definida como um medo irracional, diante de uma situação ou objeto que não apresenta qualquer perigo para a pessoa. Com isto, essa situação ou esse objeto são evitados a todo custo. O evitar da situação fóbica leva, muito frequentemente, a limitações importantes na vida cotidiana da pessoa, podendo trazer grande sofrimento. As fobias são acompanhadas de ansiedade importante e também frequentemente de depressão.

O número de fobias possíveis é quase infinito. Os dicionários médicos assinalam muitas centenas.

Quando a ansiedade é exacerbada e despoleta sintomas com uma intensidade e duração maiores que o esperado, causam um grau elevado de sofrimento e podemos afirmar que o indivíduo está apresentando algum transtorno de ansiedade. Os transtornos mais comuns são:

  • Fobia Específica;
  • Fobia Social;
  • Transtorno de Ansiedade Generalizada;
  • Transtorno de Stress Pós-Traumático;
  • Transtorno Obcessivo-Compulsivo;
  • Transtorno de Pânico.

Existem várias causas para as fobias e o hipnoterapeuta, depois de identificado o problema, ajuda o paciente, através das técnicas que achar pertinentes, a viver sem esse problema que tanto condiciona a sua qualidade de vida.