Hipnoterapia Clínica

O que é a hipnoterapia clínica?

A Hipnoterapia Clínica é uma área da Psicologia Clínica, tornando-se apenas diferente da tradicional Psicologia pela metodologia utilizada nos diversos tratamentos. Ela utiliza técnicas hipnoterapêuticas, em que todas as teorias da Psicologia (Freud, Erickson, Pavlov e todos os outros) estão por trás, utilizando o estado de transe (alteração do estado de consciência que é o mesmo quando se concentra ao ler um livro, a fazer um trabalho em que se encontra concentrado e em inúmeras outras situações do seu dia-a-dia que requeiram uma atenção cuidada) e actuando directamente no inconsciente do paciente. Daí a taxa elevadíssima de sucesso da Hipnoterapia Clínica e uma redução do número de consultas, que está aquém de um tratamento com psicoterapia ou psicanálise.
O paciente, quando vai a uma consulta de Hipnoterapia Clínica ou a qualquer outra consulta,mesmo da medicina convencional, vai com um objectivo e os profissionais de saúde (mental ou física) têm o objetivo de ajudar o paciente a encontrar as soluções para o seu problema e, nada do que é feito ou dito, altera o modo de ser ou estar do paciente, visando apenas o restabelecimento da qualidade de vida ao mesmo.

A mente consciente é a parte activa da mente que pode processar diferentes pensamentos. É esta parte da mente que detém a experiência da consciência actual e imediata. Esta consciência pode incluir sensações, experiências sensoriais e pensamentos.
A mente inconsciente é onde se encontram armazenadas todas as experiências do nosso passado, presente e futuro de que não temos consciência. O inconsciente também suporta os nossos comportamentos automáticos que derivam dos nossos instintos e experiências apreendidas.
No caso das funções neurológicas, a mente inconsciente é um milhão de vezes mais poderosa que a mente consciente. Se o desejo do consciente entrar em conflito com a mente inconsciente, o inconsciente dominará.
Daí a Hipnoterapia Clínica utilizar a hipnose como uma ferramenta poderosa para se criar a mudança num nível inconsciente, usando visualizações, sugestões, ferramentas cognitivas, comportamentais ou analíticas.

Um testemunho de Fobias/Ataques de Pânico.

Por motivos éticos, o nome da testemunha vai ser ignorado. O texto é exactamente igual ao testemunho escrito pelo paciente que, gentilmente, me foi entregue.
“…Sabem? …
Agora, acredito REALMENTE que nada acontece na nossa vida por acaso.
Há SEMPRE uma razão!
E nós temos duas maneiras de lidar com o que nos vai acontecendo!
Podemos pensar que foi um simples ACASO… ou… se estivermos ATENTOS…
Pode ser um SINAL!
Talvez exista qualquer coisa na nossa vida que precisa de ser mudada…
Acredito que, na maioria dos casos, para MELHOR…
Nos últimos anos, aconteceram uma série de coisas menos boas na minha vida e, especialmente, UMA MUITO MÁ à minha QUERIDA ESPOSA…
A minha reacção foi pensar… Porquê a NÓS… E logo a ELA!??… tantas pessoas MÁS neste mundo… E tinha que acontecer a ELA!!!
Ao mesmo tempo que aconteceu esta COISA MÁ… eu andava a pensar procura de ajuda para deixar de fumar…
Alguém me disse que a Hipnoterapia podia ser eficaz…
Fui procurar na internet… Nunca tinha ouvido falar de Hipnoterapia… de honotismo SIM… e achava que era uma coisa de ESPECTÁCULO… Mais ou menos NÃO SÉRIA…
Hipnoterapia Clínica soava-me a MAIS SÉRIO…
Na pesquisa que fiz… Na listagem, encontrei uma clínica que aparecia em primeiro lugar na lista…
Simples acaso?… Mais tarde descobri que não!
Marquei consulta, e fui!
A primeira sessão pareceu-me como uma consulta de Psiquiatria… (e eu já tinha recorrido a uma psiquiatra, em tempos, para tentar resolver algum mau estar, que frequentemente sentia)
Sem saber explicar muito bem porquê… Comecei a falar…
Ah! Importante! Eu sempre fui uma pessoa de poucas palavras, mas, naquele preciso dia… foi como que tivesse aberto as portas…
Quase 4 horas mais tarde… Ainda estava a falar…
No final (já não sei precisar se foi logo na primeira consulta), mas sei que foi após muito tempo de conversa… Descobri (ou melhor, ELA descobriu!) o problema MAIS importante da minha vida…
A determinada altura disse-me…
-PAULO, Tu ainda não Nasceste!!!
Eu… ??????????
Foi tão estranho!
Claro!!! Uma pessoa que eu nunca tinha visto antes, estava a dizer-me que eu ainda não tinha nascido!??
Pensei!…
– Que caraças estou eu a fazer aqui?
– Vim cá para deixar de fumar e agora “Esta” diz-me que eu ainda não nasci!?
– Hummmmm… Não me cheira a “coisa séria”
A determinada altura, ela perguntou-me se a minha mãe me tinha falado alguma vez acerca do meu nascimento…
E… SIM!… Falou-me várias vezes…
A minha Mãe repetia, várias vezes, que o momento do meu nascimento tinha sido muito duro, tinha demorado a nascer…
Acreditam que aquele momento tinha ficado registado na minha memória, e alguns dos meus problemas, do dia a dia, tinham a ver com aquele PRECISO momento?!
Coisas como ir ao supermercado eram um grande problema para mim… Sentia-me sempre fraco e angustiado…
Sempre que tinha de ESPERAR por alguma coisa… desencadeava-se um processo de pânico que eu não conseguia explicar…
Bom… Após a segunda sessão… comecei a “Gostar” daquelas horas em que falávamos sobre quase tudo… Aprendi a fazer auto-hipnose… E, num belo dia… fizemos hipnose juntos…
Foi FANTÁSTICO!!!
Sem eu me aperceber em concreto… Ela fez-me reviver, e sentir fisicamente… O meu nascimento…
E depois… ajudou-me a encontrar a SAÍDA!!!
Foi uma espécie de Parteira, mas no estado Hipnótico…
Vocês não conseguem imaginar a minha felicidade quando eu pude sentir que estava a nascer!!!!… NASCER OUTRA VEZ!… mas, desta vez, da maneira CERTA!
Ainda em estado hipnótico, as lágrimas começaram a rolar pelo meu rosto, de uma maneira que eu não consigo descrever…
Sentia o meu corpo a ARDER ao mesmo tempo que sentia uma IMENSA FELICIDADE!!!
Querem saber uma coisa ainda mais FANTÁSTICA, quase SURREAL…
Nesse dia, o céu estava cinzento, cheio de nuvens, tenho ideia que quase NEGRO mesmo…
A determinada altura, ela começou a falar comigo, com uma voz muito calma…
“… Agora, vou contar até dez… E quando chegar a dez, vais abrir os olhos e vai estar tudo bem contigo… Vais sentir uma sensação de bem-estar que nunca sentiste antes…”
1

10 ABRE OS OLHOS!
Quando abri os olhos… pela janela, a luz do sol entrava com uma intensidade BRUTAL… ouvia GRITOS das gaivotas… uma porrada delas… A voar perto da janela…
Quando olhei para ELA… Ela estava também a chorar…
E disse-me…
– “Olá Paulo… Bem-vindo!!! Acabaste de nascer de novo…”
A hipnose é um estado de transe induzido, através da atenção focalizada em qualquer experiência sensorial interna ou externa, onde o hipnoterapeuta, através de técnicas específicas para o paciente, o leva a um estado de relaxamento físico, mas perfeitamente desperto, utilizando este estado de absorção para facilitar e provocar a mudança necessária para a resolução dos problemas apresentados pelo paciente e que lhe provoca uma diminuição na sua qualidade de vida quer pessoal, profissional, relacional ou social.
Desta forma, o transe é uma efetiva e poderosa ferramenta terapêutica e esta é usada na maior parte das técnicas hipnoterapêuticas.
É de referir que o estado de transe é um estado natural e normal que todos vivenciamos, muitas vezes, no nosso dia-a-dia, que ocorre espontaneamente e pode ser sentido de várias formas. Este estado pode ocorrer quando, voluntariamente, escolhemos focalizar a nossa atenção em alguma coisa que nos interessa, ou seja, qualquer actividade que absorva a nossa atenção, induzindo-nos a um estado de transe e que pode ser desde a leitura de um livro, ver televisão, dançar, …
O hipnoterapeuta clínico, quando recorre a uma técnica hipnoterapêutica, leva o paciente a um estado hipnótico, experienciando uma maravilhosa sensação de relaxamento. O paciente está totalmente desperto e relaxado e o hipnoterapeuta clínico apenas trabalha com a mente inconsciente, levando a mente do paciente e apenas ela, a encontrar as razões e soluções para o seu problema. O hipnoterapeuta clínico nunca apresenta soluções. É a mente do paciente que o levará a encontrá-las servindo o terapeuta apenas como um técnico/intermediário que ajuda o mesmo a conseguir entrar na sua mente inconsciente, de forma a resolver os seus problemas, traumas, dependências…

A Hipnoterapia Clínica trabalha com a mente do paciente e esta apresenta diferentes níveis, sendo eles a mente consciente e a inconsciente.

Veja no meu canal de Youtube os vídeos:

» É possível tratar uma depressão com Hipnoterapia clínica?

» A Hipnoterapia Clínica pode ajudar em casos extremos de obesidade?

» Não consigo dormir. Qual a terapia ideal para tratar a insónia?

» Tenho ataques de pânico. A Hipnoterapia pode tratar esta patologia?

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

COMO DECORRE UMA CONSULTA DE HIPNOTERAPIA CLÍNICA?

foto

Depois de ser feita a anamnese (pequena história, com informação sobre o princípio e a evolução da doença até à primeira observação do terapeuta), o paciente senta-se confortavelmente numa chaise long, fecha os olhos (é pedido para fechar os olhos para que se concentre melhor no que o terapeuta diz, para que o cérebro não se distraia com tudo o que vê à sua volta) e ouve apenas o que o terapeuta diz.

Salvo algumas excepções, o terapeuta induz o paciente ao relaxamento, com a técnica que achar pertinente, faz uma manipulação das distracções (para que nenhum som o distraia) e, seguidamente, utiliza a técnica ou técnicas que forem apropriadas para o encaminhamento da resolução do problema clínico do paciente.

No final, faz um reforço do ego e “desperta” o paciente do transe. O paciente NUNCA adormece e tem SEMPRE a lembrança de tudo o que ocorreu em todo o processo. É sempre ensinado a auto-hipnose (é como uma forma de meditação), uma ferramenta que é dada ao paciente, para que tenha, pela sua vida fora, a possibilidade de relaxar e se auto conhecer.

Tal como atrás já referi, um paciente, quando vai a uma consulta de hipnoterapia clínica ou a qualquer
outra consulta, mesmo da medicina convencional, vai com um objectivo e os profissionais de saúde (mental ou física) têm o objetivo de ajudar o paciente a encontrar as soluções para o seu problema
e, nada do que é feito ou dito, altera o modo de ser ou estar do paciente, visando apenas o restabelecimento da qualidade de vida ao mesmo.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

QUEM DEVE EXERCER A ACTIVIDADE?

A atividade de hipnoterapia clínica deverá ser sempre exercida por um hipnoterapeuta diplomado e, preferencialmente, que faça parte da Associação de Hipnose Clínica de Portugal, pois esta é a associação de hipnoterapeutas formados pelo London College of Clinical Hypnosis, em Portugal, e a sua função é contribuir para a regulamentação da prática da hipnoterapia, existindo um Código de Ética para os membros que dela fazem parte, garantindo, desta forma, a qualidade na prática da hipnoterapia.

IMPORTANTE: VEJA AS PERGUNTAS E RESPOSTAS FREQUENTES, CLICANDO EM FAQ.